ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-
Acessibilidade

Símbolos Municipais (Brasão, Bandeira e Hino Municipal)

BRASÃO

O Brasão ou emblema em que se representa as armas do município de Goianira é de idealização, segundo relatos da tradição oral, de autoria dos senhores Antônio Luiz de Moraes, Wandair Costa e Gerson Bento da Costa, sendo criado e oficializado a partir da primeira gestão do ex-prefeito Gerson Bento (1966).

Neste Brasão os símbolos nele constado simbolizam as potencialidade econômicas de Goianira, a partir daquele período, ou seja, da década de 60, sendo eles:

O GADO: Simboliza a atividade agrícola impulsionada pelo desenvolvimento tecnológico ocorrido nas regiões rurais brasileiras, a partir da década de 70. Atualmente, essa atividade é denominada agroindústria.

AS FLORES: Significam um importante segmento da atividade agrícola voltada à viveirocultura cujo o ramo comercial teve grande expressidade quando um de seus principais representantes, o Sr. Herostato de Melo constituiu um dos primeiros viveiros deste município, momento em que dada a visita do ex-governador Leonino Caiado, denominou o município goianirense de ”Cidade das Flores”, na época da gestão do prefeito José Rodrigues Naves Júnior.

A BANANEIRA, A MANGUEIRA, O ARROZ E O MILHO: Estas plantas frutíferas fazem parte do conjunto vegetal que existia em grande quantidade nas terras onde se constituíram propriedades para o trabalho agrícola e criação de gado ainda no início do século passado, representando a fecundidade do solo goianirense.

A FAIXA COMEMORATIVA: Simboliza a denominação oficial com que a partir do dia 26/09/1968, por Decreto Estadual (no Diário Oficial de Goiás) fica reconhecida a existência legal deste município que se elevou num aspecto político – administrativo após permanecer como distrito de Goiânia (1935-1939).

Fonte: Conselho Municipal de Cultura de Goianira

BANDEIRA

A bandeira que representa a cidade de Goianira (GO), foi constituída a partir do desenho idealizado pelos senhores Gerson Bento, Antônio Luiz de Moraes e Wandair Costa, que contém o Brasão centralizado sobreposto ao formato da já existente Bandeira Nacional com detalhes representando as potencialidades do recém-criado município goianirense (26/09/1968): plantações de bananeiras, pés de manga, atividade agropecuária e viveirista (floricultura).

Fonte: Conselho Municipal de Cultura de Goianira

 

HINO MUNICIPAL

Escritor e Compositor: Jair Humberto

ÁUDIO:

 

LETRA:

Goianira, Cidade dos Sonhos.

De riquezas, belezas, de cores.

Doce paz, nosso felicidade

Nossa linda capital das flores

Tem de ti este filho orgulho

És pequena, mas sábia em crescer

Tens topônimo bem escolhido

Goianira de inspirações mil

Moras neste meu peito que te ama

Vives no coração do Brasil

 

Oh cidade de passado e glória

Que pulsando estão vivos ainda

Mesmo jovem tu levas contigo

Na bagagem história tão linda

Desses vultos personagens nobres

Que exultantes te viram nascer

Tens talentos, poetas, artistas

Goianira de valores mil

Moras neste meu peito que te ama

Vives no coração do Brasil.

 

Bela terra de chuva abundante

Bem cuidada, mui fértil, garrida

Sempre-vivas, orquídeas, camélias

Entre outras colorindo a vida

As crianças, os jovens na escola

Aprendendo o futuro plantar

Nossos pássaros lindos voando,

Goianira que céu cor de anil!

Moras neste meu peito que te ama

Vives no coração do Brasil.

 

Goianira, Feliz Goianira,

Quantas boas lembranças na mente

As serestas nas noites na rua

Até a lua sorria contente

As brilhantes pepitas de orvalho

Nessas rosas de olor singular

Tudo é obra do Artista Supremo

Goianira sublime, gentil!

Moras neste meu peito que te ama

Vives no coração do Brasil.


Fonte: Conselho Municipal de Cultura de Goianira